Grupo de Terapia Sistêmica

Grupo de Terapia Sistêmica

Esta é uma abordagem sistêmica de tratamento das relações familiares, é uma proposta que não visa tratar somente o sujeito na família, mas sim o grupo familiar como um todo e o vínculo entre seus membros. A intervenção do terapeuta não se faz apenas no indivíduo mas nas interações que acontecem entre eles, já que um influencia o comportamento do outro e consequentemente é por ele influenciado.

O diferencial se faz a partir de como a família lida com a situação de crise e como está a comunicação e afetividade entre os membros, pois estes são indicadores de relações saudáveis ou adoecidas.

A terapia familiar é uma excelente aliada no tratamento individual. É indicada em todas as situações em que os sintomas do paciente estão claramente situados na esfera interpessoal (família, escola, trabalho, comunidade, grupos, etc); em distúrbios infantis; nas alterações psíquicas e comportamentais do adolescente e do adulto; nos problemas pós-parto, transtornos alimentares (anorexia, bulimia, obesidade); nas toxicomanias (abuso de drogas); no alcoolismo; nas afecções da terceira idade e psicossomáticas.

Objetivo com o Grupo:

Aceitar pai e mãe, incluir os excluídos, organizar o que está emaranhado, quebrar padrões negativos e repetitivos, dar e receber com equilíbrio, harmonizar o masculino e feminino, honrar a família e ter a permissão para seguir leve e feliz. Essa é a função da Constelação Familiar, que é uma visão inovadora em terapia familiar, uma nova abordagem da Psicoterapia Sistêmica Fenomenológica criada por Bert Hellinger, um psicólogo alemão que juntou várias técnicas de psicologia e transcendeu as paredes do consultório e se espalhou pelo mundo.

Podem ser constelados: Conflitos Familiares (pai, mãe, filhos, irmãos, casais), Padrões ou hábitos que se repetem por gerações, Transição de fases da vida (mudança de cidade, emprego, divórcio, luto), Tragédias na família (acidentes, suicídios, assassinatos, abortos), Medos, Depressões, Ansiedades, Fobias, Neuroses, Autismo, Vícios, Doenças hereditárias ou sem diagnóstico e Problemas financeiros ou dificuldades em realizar-se profissionalmente, entre outros.
A Constelação transcende as paredes do consultório. Somente na Constelação conseguimos ver que papéis assumimos inconscientemente e nos ajudam a encontrar o verdadeiro papel que nos cabe dentro da família. Vale a pena participar e conhecer essa técnica, mas vale um alerta, a constelação familiar para ser realizada tem que ser feita com profissionais que tenham curso e
estejam habilitados para conduzir o processo.

Conteúdo Explorado:

Pela filosofia de Bert Hellinger, pela fantástica ferramenta das Constelações Familiares, esta terapia oferece a oportunidade de se aprofundarem nesse campo. Expondo-se à abordagem e olhando para seus próprios emaranhamentos, os participantes se desenvolvem tanto pessoal quanto profissionalmente através de uma percepção mais efetiva e clara de sua própria família, bem como da família daqueles que lhe procurarem pedindo ajuda. Os participantes são convidados, durante todo o curso, a buscar e manter uma postura que permita permanecer em
seu lugar na família de origem, na família atual, na profissão, no trabalho etc.  E o mais importante: como utilizar realmente esse aprendizado na vida cotidiana, expressando o que há de mais grandioso em cada um.

Class Info
Constelação Cínica
Grupo
Grupos Fechados Members
Eventos