Constelação Familiar

Dúvidas Frequentes

Trata-se de um método de ajuda baseado nas descobertas do alemão Bert Hellinger, que coloca pessoas que estão presentes no grupo para representar membros da família ou grupo social da pessoa a constelar. Hellinger descobriu 3 (três) leis naturais que atuam nos relacionamentos humanos e tais leis são tão verificáveis como a lei da gravidade, se nos dermos ao trabalho de observar. São também chamadas de ordens do amor que são: hierarquia (estabelecida pela ordem de chegada), pertencimento (estabelecido pelo vínculo), equilíbrio (estabelecido pelo dar e tomar/receber). Quando tais leis são violadas numa família, surgem compensações que atuam nos membros da mesma, como: depressões, doenças, dificuldades nos relacionamentos, dificuldades financeiras, etc. Graças à representação, o cliente pode perceber onde o seu amor está preso e o que ele pode fazer para que tais leis possam ser novamente respeitadas e o amor possa voltar a fluir. Então ele pode, talvez, enxergar o próximo passo que o conduza de uma maneira mais leve na vida, solucionando a questão que o incomoda.

Sim, a grande maioria das sessões são coletivas, e é necessario pessoas para representar integrantes dos plano sistêmico do cliente. Então você pode participar como voluntário, para assistir a uma constelação e proveniente participar, representando algum familiar, ou outro integrante do campo sistêmico.

Nos organizamos por meio de grupo de Whatsapp, onde toda semana disponibilizamos nossa agenda para que as pessoas possam confirmar presença.As sessões ocorrem em nosso instituto durante toda semana, com horários na manhã, tarde e noite.

Sim, contanto que confirme préviamente sua presença e de quem deseja convidar no grupo das Constelações.

Não. A abordagem não está ligada a nenhuma religião ou crença. Também não pressupõe a necessidade de que o cliente creia em nada de antemão. É uma abordagem empírica e é baseada na própria percepção do cliente e dos representantes. Quem quer que misture essa abordagem com religião não está seguindo a metodologia segundo ela foi criada.

O fenômeno das constelações é ainda algo em estudos. Não se firmou totalmente a base científica para o mesmo, mas os melhores estudos a respeito foram feitos pelo biólogo inglês Rupert Sheldrake, que criou a Teoria dos Campos Morfogenéticos e estudou o fenômeno em pessoas e em animais com grande êxito. Possui diversos livros publicados e executou inúmeras pesquisas científicas com grande rigor estatístico. As pessoas interessadas em compreender melhor esse fenômeno podem buscar respostas através de estudos como o de Sheldarake, pois  não nos ocupamos em explicar ou estudar o fenômeno em si, apenas o utilizamos em benefício do cliente para auxiliá-lo a esclarecer suas questões.

Sim, porém não é necessário.

Sim é possivel fazer uma sessão a distância. Porém é necessaria a total conscientização da pessoa que deseja ser constelada.

É recomendado que o cliente tenha a idade mínima de 14 anos, crianças que tem idade inferior é recomendado que os pais façam um trabalho de constelação.

Sim, pelo seu amplo alcance, essa metodologia tem sido usada tanto em tratamentos psicoterápicos, como também na busca de soluções profissionais.

Fechar Menu